Baixe o aplicativo da Ajudes nas lojas
Área do Associado Ajudes
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR

Ajudes

NEWSajudes

NOTÍCIAS

 



19/12/2011 - Tribunal de Justia tem nova mesa diretora

 

Aos 45 anos de idade, o desembargador Pedro Valls Feu Rosa assume a Presidncia do TJES"

 O Tribunal de Justiça do Espírito Santo tem um novo presidente. Aos 45 anos de idade, o desembargador Pedro Valls Feu Rosa assume a Presidência do TJES para o biênio 2012/2013. Em sessão solene realizada na tarde desta quinta-feira, 15/12, o desembargador Manoel Alves Rabelo, que comandou o TJES nos últimos dois anos, transferiu a Presidência para Feu Rosa, eleito em 06/10 deste ano para ocupar o cargo. Além disso, os desembargadores Carlos Roberto Mignone e Carlos Henrique Rios do Amaral assumiram, respectivamente, os cargos de vice-presidente do TJES e corregedor-geral da Justiça, que no biênio 2010/2011 eram ocupados pelos desembargadores Arnaldo Santos Souza e Sérgio Luiz Teixeira Gama.

 Antes da sessão solene de posse, realizada no Salão do Tribunal Pleno, houve uma solenidade militar, quando o desembargador Pedro Valls Feu Rosa passou em revista a tropa da Polícia Militar, juntamente com o governador do Estado, José Renato Casagrande. Várias autoridades estiveram presentes na posse da nova mesa diretora, como o presidente da Assembleia Legislativa do Estado, Rodrigo Chamoun, o presidente da OAB-ES, Homero Junger Mafra, o presidente do Tribunal de Contas do Estado, Sérgio Aboudib, o prefeito de Vitória, João Coser, o senador Ricardo Ferraço, dentre outros.

 O desembargador Manoel Alves Rabelo comentou sobre os dois anos em que comandou o TJES. "Durante o meu biênio, houve uma dedicação extraordinária de magistrados e servidores. Obtivemos expressivos resultados com nossas boas práticas. Realizamos, por exemplo, diversos mutirões de conciliação. Também realizamos um concurso público para servidores e demos início ao concurso de juízes. Agradeço aos desembargadores Arnaldo Santos Souza e Sérgio Luiz Teixeira Gama pelo apoio e colaboração. Eles foram decisivos para uma gestão harmoniosa e com bons resultados"

 Além disso, o desembargador Manoel Rabelo desejou sucesso ao novo presidente. "O desembargador Pedro Valls Feu Rosa apresenta várias qualidades como, por exemplo, inteligência, dinamismo e preocupação com o social e com a probidade administrativa. Desejo a ele muito sucesso, paz e tranquilidade. 

 Os desembargadores Carlos Roberto Mignone e Carlos Henrique Rios do Amaral também apresentam muita competência, equilíbrio e capacidade de bom relacionamento com os colegas". O desembargador Samuel Meira Brasil Júnior, escolhido para saudar o novo presidente em nome dos demais integrantes do Poder Judiciário Estadual, falou sobre o que espera do novo presidente. "Quando fui convidado para proferir um discurso sobre o desembargador Pedro, comecei a pensar no que poderia dizer. Se eu enaltecesse toda a sua capacidade intelectual e sua jovialidade, eu diria o óbvio. Então, desejo à sua excelência sabedoria, determinação e serenidade para solucionar os processos com justiça, fazer o que é preciso e garantir uma justiça firme. Tenho certeza de que teremos uma administração exemplar e confio que será um marco para o Judiciário".

O presidente da OAB/ES, Homero Mafra, afirmou que a posse do desembargador Pedro como presidente representa um tempo de esperança. "Uma posse é sempre cercada de expectativas. Esta posse está cercada de expectativas e também de esperança. Espero que este biênio fortaleça ainda mais o Poder Judiciário e que o Judiciário reconheça que o povo tem sede e fome de justiça".

O governador do Estado, Renato Casagrande, elogiou o trabalho da antiga Presidência e depositou um voto de confiança no novo presidente. "O desembargador Manoel Rabelo foi um pacificador. Durante os seus dois anos como presidente, ele purificou o Judiciário capixaba. O Tribunal de Justiça se renovou e avançou. Tenho certeza e expectativa de que o desembargador Pedro Valls Feu Rosa, com sua capacidade intelectual e visão da sociedade integrada ao Poder Judiciário, fará uma boa administração".

O novo presidente do TJES, desembargador Pedro Valls Feu Rosa, apresentou novidades que irá implantar. "Serão instalados painéis em frente ao Tribunal de Justiça com informações sobre processos. Os painéis irão mostrar quem é o magistrado responsável pelo caso e há quanto tempo o processo está tramitando. Em caso de atraso na solução do processo, uma luz vermelha será acesa para alertar a população. Um dos painéis irá mostrar todos os processos que envolvem improbidade administrativa. A família capixaba não vai mais esperar décadas para ver justiça". Além disso, foi assinado um protocolo de intenções para garantir a segurança pública.

O novo presidente também anunciou a criação da Comissão Estadual de Enfrentamento à Tortura e a de um portal dos direitos humanos. O desembargador Pedro ainda comentou sobre o que espera de seu biênio. "Quero chegar ao final com aquela sensação gostosa de dever cumprido. Agradeço ao meu saudoso pai e à minha mãe, que educou aquela criança travessa e curiosa, cuja maior alegria era quebrar os brinquedos para saber como funcionavam.

Agradeço a todos que depositaram um voto de confiança em mim. Retribuirei não decepcionando".

NATÁLIA BONGIOVANI - da redação do TJES
Vitória, 15 de dezembro de 2011

"